05 janeiro 2008

[who cares?]


Ok... seus problemas são grandes, enormes, gigantescos. Maiores até que a sua capacidade de perceber quando querem teu bem. Normal, normal... quantas vezes a justificativa de ‘entende o jeito’ das pessoas já me foi pedida como entendimento? Inúmeras. Gosto? Nem um pouco. Nada que você tiver como algo natural seu precisa ser um modelo de aceitação que me faça gostar de você apesar de tudo. Todo mundo tem defeitos e eu acho que deva até ter graça nisso.

Não porque seria ruim um mundo de perfeitinhos, até que eu não acharia má idéia. Chegarmos, todos os seres humanos, a um consenso de tudo o que seria belo e aceitável, com todos usando xícaras educadamente ou dizendo um simples ‘bom dia’ seria, para mim, algo extremamente aceitável, mesmo que as idéias divergissem. Pensar diferente de alguém nunca seria motivo para que ela fosse escrota comigo.

Todos seriam legais uns com os outros. Mas, como nem eu mesmo faço isso, claro, acho engraçado que os defeitos, por vezes, sejam tão facilmente esquecidos. Você convive com alguém e descobre que o que ela tem de bom supera tão facilmente o que não que releva como algo que te faz mal. Mas, ó ironia, sempre chega um dia que tudo aquilo que sempre foi relevado se volta contra você e se dá a percepção de que, muito mais do que vontade de ver que todos estão bem, existe egoísmo em qualquer relação entre duas pessoas.

Egoísmo. Nunca, jamais, achei esse sentimento algo ruim. Tá, serei um pouco demagógico aqui, mas quando você não o sente no intuito de fazer mal à alguém, qual o problema? Ser egoísta sem pensar no mal das pessoas é pensar em si, cuidar de si e nem vejo nada de errado nisso. Por isso que, apesar de eu achar que perfeitinhos seriam algo belo para o mundo, aceito os egoístas. Aceito quem pensa em si, quem acha que sempre é bom ser mais importante do que os outros.

Sentimentos alheios? Who cares?

5 comentários:

Lucy. disse...

eu sou vítima-fichinha dos who cares alheios =~~
:***

luana disse...

eh por isso q a gente se entende miguxo!
huahuauauuahuhau

Clarinha disse...

af, rafa.
isso é tu falando por mim sobre a briga que eu tive ontem.
se citar egoísmo não fosse gerar mais briga, eu até linkaria o texto pra pessoa.

line disse...

eu nunca vou usar xícaras!

Pedro Jansen disse...

o/